domingo, 24 de agosto de 2008

Parabéns pra Gi





Bom já faz um ano , mais parece que foi ontem qdo ouvi da Dra Patricia , Vamos marcar a Cesária , aí era pra ser dia 27 , mais por causa de um compromisso da doutora, um congresso e da lua cheia do fim de semana optamos por antecipar pro dia 22. Lembro como se fosse hoje, acordeia as 6 da manhã pra tomar café, já tinha dormido e acordado muitas vezes pq a barriga estava gigante e eu ansiosa. Tomei café com minha irmã que em solidariedade acordou pra me fazer companhia , afinal era a afilhada dela que ia nascer, pra não perder o costume depois do café , devolvi ele todo. Ficamos em casa naquele faz nada esperando a hora passar pra ir pro hospital.

Como o 6tempo custava a passar , imagine fiz o almoço pro pessoal , e nem pude provar, lembro até o que fiz, lembro ate o cheiro- filé de linguado com camarão no papel alumínio, arroz e salada e alface ,maçã e tomate.

Meio dia cheguei no hospital, ai aquela coisa de papelada, tava um frio de lascar, e lá vamos pro quarto , põe a camisolinha indecente depois de lavar o barrigão com um sabote especial com cheiro péssimo e lógico a azia estava a toda , só pra variar.

Lá pelas tantas ( na verdade deve ter sido uma meia hora depois- mais sabe como é o tempo pra uma mãe , tudo toma proporções exageradas, até pq me vinha a mente coisas do parto do Ricardo que foi muito complicado) me levaram pro centro cirúrgico e marido foi botar a vestimenta típica, até ai o celular dele não parou de tocar pq o pobre teve que trabalhar até os últimos minutos que antecedeu a chegada ada pequena.

Qdo cheguei no centro cirúrgico a Dra Patty já estava lá e veio me acalmar, me levaram pra sala e fizeram a tal anestesia que como da vez do Ricardo me dá um mal estar louco, achei que ia morrer, só que desta vez tive menos medo afinal o meu marido estava comigo. Ai chegou a Dra com a Dra Carla que tb foi ajudar e durante o parto juntam elas , marido , anestesista e enfermeiros e começam nas piadinhas eu lá louca pra rir e com medo afinal estava de bucho aberto, de repente escuto o mais lindo e emocionante chorinho do mundo , era Gi , minha princesinha chegando ao mundo linda , forte , corada e muito, muito amada.

Enqto a doutora fazia o bordado em ponto cruz na minha barriga , marido foi acompanhar os cuidados coma pequena.

Qdo cheguei no pós - parto a pequena estava toda linda de banho tomado, e com seu macacãozinho vermelho de cabelo penteado ( notaram o motivo da azia - né) louca de fome, mamou já ali e com muita vontade , depois dormi não sei qto tempo agarrada ao berço que estava do meu lado , afinal sei lá , vai que somem com ela - será que toda mãe é doida assim?

Fui pro quarto, pra casa, voltei pro hospital com ela por causa da icterícia, chorei muito, amamentei o qto pude, brinquei , vi engatinhar , andar, dar o primeiro sorriso, fazer a primeira estrepolia, ir pra escola e fazer tchau sem nem ligar pra mim e vejam agora já tá ai com um ano , definitivamente o tempo voou , queria ter uma máquina que alem de fotografar pudesse fazer com que estivessemos de novo nestes momentos...

Princesinha te amo muito muito em muito

Em tempo a festa foi ótima quem quiser ver as fotos é só entrar no meu orkut Amábile schunck .

Bj

3 comentários:

Christina disse...

Nossa, que relato mais emocionante!!!
Parabéns e feliz aniversário para a pequena Gi!

Beijos,
Chris

Bárbara disse...

É amiga, o tempo passa!!!
Eu tb lembro de momentos do dia do parto da Ellen, lembro de cada coisinha do dia!!! E definitivamente, o nascimento dos filhos, é algo incomparável no mundo!!!
Que essa menina linda, tenha uma vida linda pela frente... Mto amor, paz, felicidades, pra ela e pra vcs!!!
Bjks

Rose disse...

Parabéns pelo um aninho da pricesinha!!
Amei o post, parecia que estava revivendo esses momentos, são maravilhosamente indiscritível e único em toda nossa vida!!
Bjaum.