segunda-feira, 5 de julho de 2010

os Erres do Ricardo


Entonces que vcs sabem que casa de ferreiro espeto é de pau , isso se tiver espeto.
A pessoa que aqui vos fala é fonoaudióloga de formação , pós graduada e tudo.
Mas como mãe ,sou só mãe, e me dou o direito de fazer tudo errado e sem nenhuma atenção científica , só mesmo intuição materna , as vezes sofro e me lasco toda por essa opção.Sem culpa nenhuminha.
Ricardinho meu amor , demorou a falar e quando falou destranbelhou de uma vez.
Mais apesar da mãe fonoaudióloga - temporariamente só mãe - ele tinha trocas especialmente do r nos arquifonemas , isso quer dizer quando aparece sozinho - viu que eu sei né - por i - exemplo porta era poita .
Vou ser sincera até tentei ensinar , por o ponto e tals , mais perdia a paciência fácil fácil .
E resolvi meio que desencanar pq vários autores dizem que ate os 7 anos eles adquirem - confesso totalmente tigrona - larguei mão
E de repente , não mais que de repente depois de uns dias na casa da minha mãe , ele voltou pra casa na sexta - fui buscar - lo cuidar de mim, com beijos , cafunés e copos d'agua - mãe de pata quebrada e aproveitadora .
E o meu lindão ... tcharam ... TÁ FALANDO TODOS OS R QUE TÁ A COISA MAIS LINDA DO MUNDO!!!!
E eu babando verde.
E eu não e ninguém fizemos nada pra que isso acontecesse.
Isso lógico que faz o meu lado fono dar cambalhotas e chegar a conclusão QUE TUDO TEM SUA HORA .
E sem ser tigrona , me acalma em outras questões e me mostra e me acalma pq sei que tá tudo certo com ele é só uma questão de esperar o seu tempo, claro que dando suporte e subsídios pra ele mais sem por o carro na frente dos bois.
Mãe feliz com filho que fala como moço.
Tb destrambelhou a ler por ai - será que todos os meus problemas vão se acabar com a chegada dos 7 anos ?
Deus abençoe quem estudou a maturação neurológica e que ardam no inferno os educadores que esquecem desse pequeno detalhe biológico.
Bjs

4 comentários:

Elaine disse...

Olá! Amo seus textos. Alegres e divertidos e cheios de sabedoria. Minha pequena de quatro anos também fala poita, poico. Mas sabe, ela é baiana e há menos de um ano estamos morando no interior do Rio e agora ela está começando a falas porta (sabe aquele erre carioca?). Mas tá bom. É tudo muito lindo mesmo.

Maira disse...

Exato amiga tudo ao seu tempo, e o tempo de um não é igual ao do outro, mesmo que tenham a mesma idade.

calma que estou com pressa disse...

olá mãe satisfeita eles de uma hora para outra mudam- a gente até se assusta- adorei a historinha - e tu quebrou o dedo de novo- tem que ficar de molho- como mãe fica de molho?
bjs

Anônimo disse...

Amiable brief and this mail helped me alot in my college assignement. Thank you seeking your information.