sexta-feira, 27 de março de 2009

confusa


Então voltei da reunião do filhote sem entender bem pq ela aconteceu...

E pior , a prof me desanimou de um jeito que também nem sei porque...

Fiquei com a impressão de que ela não conhece nada do meu filho nem bem de onde viemos visto que ela mesmo disseque confunde Blumenau com Maceió - quase a mesma coisa... e achou ou presumiu que não o incentivamos o suficiente , e pior não acho que ela seja muito acessível.

Veio falar que tem crianças em varias fase de alfabetização e tal( acho normal) que a turma é boa e que ele é muito esperto mais que temos que ajudar pq ele veio de outra escola e que outra escola ensina de outra forma e sei lá não entendi nada ...

Não vejo problema nenhum com ele e além de fonoaudióloga tb sou professora e já alfabetizei , ele já lê algumas palavras , tá começando a escrever , estamos só em Março tem um ano inteiro pela frente , então pq tanta pressa?

Definitivamente acho que tem escola e professor confundindo tudo nessa questão de primeiro ano... no meu entender teremos mais um ano pra alfabetizar

Me mostrou uma única tarefa dele e presumiu que ele não esta pré- silábico e acho que deveria estar , pelo que entendi , mais que vai chegar e que devo no meu entender fazer o trabalho dela de fazê- lo chegar lá.

De resto questionamos discretamente uso da agenda e ela disse que olha e não olha , e que ela o desincentivou com a leitura qdo não deu bola pro livro que ele levou , tb negou , desanime... espero que minha casinha fique pronta logo, pq ai vou levar e buscar ele todo dia e quero ver como ela vai ficar com a mãe sarna que eu vou virar.

Tô com o coração apertado e nem sei pq.

bj

bom fim de semana pra nós

10 comentários:

Eva disse...

Oi Amábile, não fica assim não.
Você disse tudo: tem muito tempo para ele ler e escrever.
Acredito que o foco dado por ela deveria ter sido o processo de adaptação dele. E de Blumenau para Maceió não tem parecido nem uma sílaba quanto mais o resto... Uma professora falar isso dá o que pensar mesmo.

Bjs

Maira disse...

Amiga nem vou entrar no mérito do "problema" mas veja bem uma pessoa q. se diz professora e fala uma asneira dessa q. confunde Blumenau c/ Maceio, acho q. o que tem q. ser questionado não é o desenvolvimento do seu pequeno e sim a capacidade dela.
Se vc. tá "entalada" e n. entendeu nada vai conversar com a coordenadora, pense nisso.
Beijão e bom fim de semana pra vcs.

Bárbara disse...

Como assim Blumenau ?Maceió? Ela é professora e não entende de Geografia?
Não sei não Amábile, mas parece que a escola não está te dando a segurança que vc precisa... Eu preciso confiar na escola da minha filha, pra não me preocupar com coisas que dizem respeito ao ensino... Qto ao tempo dele, não é regra, visto que tem amiguinhos da Ellen que estão começando a ler e ela nada até agora, até encanei por uns dias, mas desestressei...
A Ellen escreve só se ditar letra por letra, de resto, só se ela decorou mesmo, falo isso pq o nome dela e o meu. não precisa ser ditado mais...
Desculpa a intromissão, mas não é coisa de conversar melhor com ela, pq ela precisa saber mais do seu filho, e de geografia... Se vc não se sentir confortável, muda ele ainda no começo que eles sentem menos...
Boa sorte...
:)

Chris disse...

Amábile, não fica assim não...
Existem vários métodos de alfabetização, e pelo jeito os dois são diferentes.
Esta criatura que se diz professora, cá para nós, é "UÓ", né? Fala sério...
Eu seguiria o conselho da Maira e iria falar com a coordenadora. Na boa!

Beijos

Ana - Mãe de menino disse...

OI Amabile!nossa..essa professora é maluca ou uq? sei como vc se sente,mudei Enzo de escola esse ano e fiquei muito insegura tb,mas aos poucos estou me adaptando a nova forma de pensar deles, dá insegurança mesmo,mas se algo te incomoda nao fica c isso, fala mesmo..VC É FONO??????????????????nossa, me ajuda,por favor, vc leu meu post de hj? e justamente sobre isso!!!me dá uma lUz, por favor, tb to muito angustiada c algo q aocnteceu na escola dele ontem,tá la no blog, me diz alguma coisa pq to meio perdida... estou te esperando..bjs e bom find!

Val disse...

Acho que vd perdeu a confiança na escola e na professora. Eu estaria assim tbém. reflita neste findi se vale a pena ele ficar lá. Acho q não ajudei né? bjs

Bárbara (mãe do Theo) disse...

AI Amábile, se possível tire ele de lá o mais rápido possível! O Theo passou por isso ano passado e eu o troquei de escola. Foi a melhor coisa que eu fiz! Não vai adiantar nada vc ficar na porta da escola sem saber o que acontece de verdade lá dentro. Ele pode até perder a vontade e motivação de ir pra escola.
Pense bem se vale a pena continuar lá! Eu acho que não!
Beijos
Boa sorte!
Bárbara (mãe do Theo)

Dri e Mari!! disse...

Olha Amábile, eu conheço essa escola, meus irmãos e eu estudamos lá desde pequenos.... sinceramente e infelizmente vc deve ter mesmo é pegado uma professora muito da ruinzinha .... Faça como a Maíra disse... converse mesmooo com a coordenadora... tente ver como adaptar o seu filho ao método deles ( que é construtivismo) e tenho certeza que tudo ficará bem... mas se não resolver, aqui por perto tem muuuuitas escolas boas!! Beijos Dri!

Kyria disse...

Não se preocupe mamãe, seu garotinho tá super bem e a professora tá insegura. Escola é assim, tem vezes que uma reunião preocupa uma mãe aflita por nada. Bjs e fique tranquila.

Chá das 5 a meia-noite disse...

Definitivamente é outra jaca na sua vida!!!
Hellooo,essa professora veio de qual planeta? Maceió e Blumenau,ahh dá um desconto,quase vizinhos!!! Até um E.T. faria um estudo de área para o planeta onde estivesse indo!
Bom, também concordo no quesito falar com a coordenação, já que há embasamento aqui que a escola é boa. Eu, tendo possiblidades de por em outra escola (tem que ver distância, nivel, etc)já faria isso. É porque sou radical.Mas não indico minha postura.
Amiga, sem tendencialismo a você, mas quem anda por aqui sabe que o Ricardo está bem e cada qual tem seu tempo. Para uma criatura que se meteu nessa profissão, prova que está bem aquém do que precisa ter para execer com excelência a atividade de educadora.
Beijos e vai dar tudo certo.