segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Aspirador e GRito


O que aspirador e grito tem em comum ?

Normalmente nada.

Mas hoje um levou ao outro.

Segundona prometia ser daquelas , mais não é que depois de tudo até que tá bem bacaninha pra uma segunda fim de mês.

Então foi assim:

Acordamos meio cedo 8 horas , ficamos de bobeira na camona no meio da sala ( papai tava com saudades das crias que pra não perturbar a vizinhança com seus pézinhos que correm e ganharmos de quebra uma multa foram exilados na casa da avó) até umas 9 hora.

Casa tava daquele jeito tinha coisa jogada e espalhada pra todo lado - um campo de guerra.

Comecei a ajuntar as coisas e Ricardo e Giovana a se desentenderem como é de praxe , só que , e note pra o detalhe , que Gi resolveu que a cada desentendimento com o irmão , especialmente se ele tirasse algo das mãos dela era iria resolver no GRITO, sim caro leitor ,no grito , aquele longo , fino , de filme de terror , gênero infernal.

E essa gritaria se repetia a cada meio segundo pelo mais bobo motivo.

Avisei 59873mil 467vezes e meia pra pararem.

Ate que ... me desculpem pais equilibrados e psicólogos de plantão , perdi a cabeça e depois de 200 gritos de terror e muitas explicações para não fazerem isso parti pra ignorância e cada qual recebeu sua palmada , pra começar bem a semana .

Tá eu sei que não resolve , mais não sou de ferro...

E claro mandei os dois pro sofá ate se aclamarem , ( tá , tá, ate EU me acalmar)

Dois minutos depois ( e olha que deve ter sido ate menos , pq eu nem tinha voltado a fazer as coisa ) vem Ricardinho.é fala

" mãe deixa eu te ajudar assim vc fica calma e termina rápido isso"

Na hora olhei aquela carinha mais linda e falei :

" tá pega ai o aspirador e passa pra mamãe "

E não é que ele pegou mesmo e saiu passando diretinho , só tive que ir passando o pano de chão atrás .

Claro que Gio não ia ficar por menos pegou um paninho e saiu passando nos móveis .

Fiquei ate com remorso da palmada vendo eles ali me ajudando e sem gritar.

E não é que em 1 horinha tava tudo em ordem e deu pra almoçar e ainda brincar antes de ir pra escola .

Agora aqui postando , mais tem um monte de roupa pra pendurar no varal , outro tanto , tipo o Everest pra passar ( saudade da sogra - na semana que teve aqui eu nem sabia onde andava o ferro ai, ai...) e um cesto pra lavar.

Enquanto a vontade de fazer isso não chega vou visitar os amigos da net.

Em tempo pessoal tenho ido a casinha de todo mundo , mais ando sem inspiração pra comentar.

Faltou contar , que quando comecei a fazer o almoço percebi que o fosforo tava na obra ( marido levou pra lá pra fazer solda e não trouxe de volta ) toca correr no mercadinho e buscar , deixei os dois sozinhos trancados no apertamento , levou 5 minutos mais eles sobreviveram e eu também .

Beijo

Amábile odeia criança que grita , sempre abominou isso , tá pagando a língua tem certeza disso - gi resolve tudo no grito.

Boa semana pra nós .

6 comentários:

Bárbara disse...

Vc não é de ferro meu bem...
E uma palmada, não matou ninguém até agora...
Não é espancamento... É só um STOP nas crias...
E que bom que eles ajudaram...
Bjs
:)

Christina Frenzel disse...

Amábile, com certeza um tapinha não matou nenhum dos dois.
Lá em casa de vez em quando acontece de eu perder as estribeiras com a Ciça, é natural.

Beijocas

Elen disse...

Ah florzinha....

sei que ainda vai aparecer alguma alma(que é claro q não tem filho) falando pra vc (só que em anonimo, pq nessa hora ninguem se identifica) que onde ja se viu bater em criança, blábláblá...

posso te garantir (sou a prova viva disso) que uma palmada não mata ninguem...

e Teter também sabe disso, pois eu também odeio grito e a Ester adooooooora...

e ainda emenda:
1º vem um aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
2º um to brava e um bico enorme...

ai g-zuiz, me socorre....

eu já dei uma palmada (digo, duas... rsrs)

então bora lá...

abraços cheirosos

Maira disse...

Tb. sou contra bater (tipo espancar), mas uma palmadinha em lugar certo, não mata e ajuda e acalmar os anjinhos.
Bjs.

HSLO disse...

Hum...Gostei. Um tapinha não tira pedaço, né verdade.

abraços

Hugo

Dri Viaro disse...

é amiga, tem horas que é só no GRITO mesmo hehehe
bjs